Venha conosco para a Cúpula dos Povos

quarta-feira, 25 de abril de 2007

Press Release sobre produtos e books.

Press-Releases ou Comunicados à Imprensa são documentos divulgados para informar, anunciar, esclarecer ou responder à mídia. Geralmente, releases são usados para anúncios e lançamentos de novidades das quais os interessados produzem notícia. O release deve conter informação jornalística com objetivo promocional. Pode ser definido como o material informativo distribuído na mídia para servir de pauta ou ser veiculado completa ou parcialmente, de maneira gratuita. É uma proposta de assunto, um roteiro, uma sugestão de pauta, mas do ângulo de quem o emite.
Press-Releases sobre eventos devem antecipar todos os dados relativos, além de facilitar o acesso dos profissionais de imprensa (caso exija credenciamento prévio, por exemplo).
Press-Releases sobre produtos e livros, devem conter informações específicas, factuais e objetivas. Em todos os casos, uma boa contextualização do fato anunciado ajuda a inserir melhor o conteúdo do comunicado na pauta do veículo (em jargão jornalístico, dar “gancho” a uma matéria).
O termo “press release” em inglês significa, literalmente, “soltura à imprensa”, e deriva do título comum que abria os comunicados nos Estados Unidos: “for immediate release”, ou “para divulgação imediata”.
A popularização da internet facilitou o aumento da prática de publicar releases integralmente ou quase inalterados.
(Leia mais na wikipédia/pt)

J. Lumier Readings of the Twentieth Century (PLSV)






Cipedya lança Biblioteca Digital Aberta

No Cipedya, usuários podem disponibilizar gratuitamente documentos digitais em 5.126 áreas do conhecimento e criar sua própria biblioteca digital

Brasília, 20 de junho de 2007 – Criar um portal onde professores, acadêmicos, pesquisadores e usuários em geral possam disponibilizar à comunidade, de forma simples e organizada, qualquer documento digital, sejam textos de todos os tipos (artigos, teses, monografias, apostilas etc), apresentações ou planilhas. Este foi o objetivo que levou à criação do Cipedya (http://www.cipedya.com/).

O Cipedya é uma biblioteca colaborativa de documentos digitais, de uso gratuito, associada a uma interface de busca similar aos mecanismos de busca tradicionais.

No Cipedya, professores podem criar uma biblioteca para disponibilizar aos estudantes documentos de um curso, incluindo resumos, apostilas, apresentações ou qualquer outro documento em formato digital. Acadêmicos e pesquisadores podem disponibilizar suas publicações mais recentes numa biblioteca particular, do departamento, do grupo de pesquisa ou da própria instituição.

Além disso, palestrantes podem disponibilizar para os participantes de um evento suas apresentações. E autores, escritores e artistas podem disponibilizar suas criações numa biblioteca particular.

No Cipedya os documentos são classificados em até 5.126 áreas de especialização, que estão agrupadas em 697 sub-áreas do conhecimento e 97 áreas do conhecimento. A Classificação Cipedya foi desenvolvida a partir da tabela de áreas do conhecimento utilizada pelas principais universidades e institutos de pesquisa do Brasil, desenvolvida pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq.

O acervo inicial do Cipedya inclui toda a coleção de Textos para Discussão publicados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA. O IPEA é um dos principais centros de estudos e pesquisas na área econômica e de políticas públicas do Brasil. A coleção compreende todos os TDs publicados pelo IPEA desde 1976.

O Cipedya se alinha a iniciativas como Movimento Acesso Aberto (Open Acces Iniciative) e Creative Commons, entre outros grupos que defendem uma mudança nos paradigmas tradicionais de difusão do conhecimento nas artes e nas ciências na era digital. O Cipedya também compartilha dos princípios e práticas do que convencionou-se chamar Web 2.0, especialmente no que se refere ao aproveitamento da inteligência coletiva e a visualização da web como plataforma.

Saiba mais sobre o cipedya.

COMENTÁRIO CRÍTICO por Jacob (J.) Lumier

Deve-se notar o seguinte: (a) – o Cipedya propõe uma biblioteca virtual que seja ao mesmo tempo particular, não pública ou não comercial; (b) – os textos digitais, e-books, artigos eletrônicos não podem ser acessados pelos sites de busca; (c) – não se vê a razão para excluir o alcance comercial e tratar os materiais digitais como informação protegida inacessível aos sites de busca a não ser o interesse na tecnologia de classificação dos dados e não o interesse dos usuários da Internet no Acesso Aberto.






O Portal Domínio Público, lançado em novembro de 2004 (com um acervo inicial de 500 obras), propõe o compartilhamento de conhecimentos de forma equânime, colocando à disposição de todos os usuários da rede mundial de computadores - Internet - uma biblioteca virtual que deverá se constituir em referência para professores, alunos, pesquisadores e para a população em geral.

Este portal constitui-se em um ambiente virtual que permite a coleta, a integração, a preservação e o compartilhamento de conhecimentos, sendo seu principal objetivo o de promover o amplo acesso às obras literárias, artísticas e científicas (na forma de textos, sons, imagens e vídeos), já em domínio público ou que tenham a sua divulgação devidamente autorizada, que constituem o patrimônio cultural brasileiro e universal.

SEED - Secretaria de Educação a Distância (MEC.br)

Conheça o Portal Domínio Público




Nenhum comentário:

BLOGOSFERA PROGRESSISTA

Arquivo do blog

Seguidores

JACOB (J.) LUMIER NA O.E.I.

Partilhar


Share/Save/Bookmark Support CC Add to Google Add to Technorati Favorites Technorati Profile Compartilhar Delicious Bookmark this on Delicious
Central Blogs

Liga dos Direitos do Homem

Greenpeace

Greenpeace
L'ONG non violente, indépendante et internationale de protection de l'environnement